Sem categoria

Resumo Digital – 21 de abril de 2020

Tiradentes: a data lembra a época em que o Brasil era governado por Portugal e tinha ouro e pedras preciosas levados pelos portugueses para vender na Europa e ficar com os lucros. Joaquim José da Silva Xavier, mais conhecido como Tiradentes, nasceu em 1746, em Minas Gerais, como ele era contra essas e outras atitudes dos portugueses se juntou a algumas pessoas e iniciou o movimento chamado Inconfidência Mineira, com o objetivo de libertar o Brasil ou conquistar a sua independência. A maioria das pessoas do movimento foi presa, mas Tiradentes foi enforcado em 21 de abril de 1792. Na época o Brasil não possuía constituição, direitos de desenvolver indústrias em seu território e o povo sofria com os altos impostos cobrados. Foi só 30 anos depois que o Brasil se tornou independente de Portugal. E a homenagem ao dentista, Tiradentes, passou a ser feita a partir de 1890. Por ser considerado um mártir a atual cidade mineira de Tiradentes, antiga Vila de São José do Rio das Mortes, foi renomeada em sua homenagem.  

Metalúrgicos: são os profissionais preparados previamente com cursos, especialidades e outros aprendem por si. Diz a história nas pesquisas que é o trabalho de extrair e manipular os metais a partir de seus minérios. No entanto no Brasil foi no século XX com o processo de industrialização por volta de 1950, pela importação de metais e outros produtos que nosso país avançou no segmento. E a cadeia produtiva da construção civil é o setor que mais emprega hoje em todos os segmentos, inclusive os sindicatos fortes de trabalhadores foram criados em vista dessa atividade. E em 21 de abril é a data em que ele festeja o Dia do Metalúrgico, um dia importante porque comemora-se também o Dia de Tiradentes, dia das Polícias Militares e Civil e o quanto devemos valorizar sempre o profissional desse segmento.

Polícia civil e militar: duas organizações criadas no passado, cada estado criou o seu sistema dentro da legalidade constitucional e as polícias foram fortalecidas com a atual constituição determinando poderes e regras para cada organização. A data designada é 21 de abril para festejarmos o dia do policial em vista de ser a morte de Tiradentes que consta nas páginas da história do Brasil. O nosso estado destaca-se pelas corporações existentes tanto militar como civil:

– Brigada Militar: criada com um legado histórico impressionante pelo seu trabalho na preservação e segurança pública preventiva baseada na hierarquia e disciplina dos regulamentos do Exército Brasileiro. Como é belo ver um policial fardado, com apresentação que chama a atenção das pessoas e o respeito que ele impõe aonde passa. Só que com o tempo foi perdendo esse poder, hoje o marginal confronta o policial de qualquer maneira, e antigamente não existia isso. Para quem lembra do passado assim que começaram os sindicatos e associações dentro da corporação até a disciplina perdeu parte do seu espaço e com isso foi transmitido no setor criminal, mas assim mesmo hoje quem escolhe essa atividade impõe respeito. É a conduta de cada um, a maneira e o modo de ser e de agir. Só que a população cresceu, a BM já teve o efetivo completo com 35 mil policiais, hoje passa um pouco de 15 mil. O que não falta são viaturas na via pública, mas falta efetivo, quantas pequenas cidades não têm policiamento ou no máximo um ou dois PM’s. Santa Maria sente-se gratificada pela história da Brigada Militar que começou com o 1º Regimento na Pinto Bandeira com suas instalações e que cedeu espaço a outras organizações aqui sediadas como a Esfaz, o Colégio Tiradentes e o Comando Regional de Policiamento, mas aqui também é sede do Hospital da BM, só existe um na capital e outro em Santa Maria. Temos o Corpo de Bombeiros que agora é uma unidade independente, mas segue os regulamentos militares, o BOE, o Batalhão Ambiental, a Companhia Polícia Rodoviária Estadual, é um centro integrado da corporação com abrangência em mais de 20 municípios.

– Polícia Civil: da mesma forma é uma referência regional, aqui é sede da delegacia regional que tem jurisdição em várias cidades da região central. São inúmeras delegacias locais com seu efetivo também não completo, mas sabemos no estado a importância da Polícia Civil com seus departamentos independentes em vários segmentos e em um trabalho integrado entre as duas corporações resulta em um trabalho efetivo que corresponde aos anseios da sociedade. Tanto a Brigada quanto a Polícia Civil têm carência de efetivo, inclusive agora era para terem sido incorporados 960 alunos, mas o governador anunciou na semana que até o dia 15 de maio serão convocados e nomeados para iniciarem o curso e mais de 350 policiais civis. Em vista da pandemia foi cancelada a incorporação. Geralmente dia 21 acontecem as promoções dentro das corporações por merecimento ou por antiguidade, mas sempre é o sonho daqueles que ingressaram na corporação para levarem adiante seus projetos com os policiais. Só que a criminalidade cresceu muito, se aperfeiçoou e acima de tudo causa transtornos de modo geral.

APOIO: Restaurante Estância do Minuano, Mecânica Manfio, Irmãos Bissacotti, Sucessu’s Tecidos e Malhas, Agafarma Camobi, Beltrame Casa Completa, Sibrama, Aguativa, Móveis de Gramado Benetti, Redemac Potrich, Tiane Jóias, SM Fibras, Royal Plaza Shopping, Santa Catarina Transportes, Mecânica Medianeira, Vigilare, Madeireira Cerrito.

Comment here