Edição impressa

Residencial Céu Azul

Desconhecido legalmente porque tiveram início as obras, construções, calçamentos, belas residências, mas o processo de legalização está em andamento. A comunidade e os moradores que fazem tudo pelo local. A localização é pela Rua César Trevisan, da 392, calçada que recebeu há pouco tratamento depois de muito tempo, passando o Parque das Oliveiras, à direita, tem um corredor construído pelos moradores do loteamento e inclusive arborizado e do outro lado está a Morada do Lago com belas residências e legalizado. Tudo desconhecido, não é invasão porque teve investimentos, mas é necessária a legalização junto a prefeitura municipal, na certa vão conseguir porque isso já faz mais de 20 anos. Mas a comunidade mantém lá a Associação dos Moradores, a pracinha para as crianças, não se paga taxa de água pois no passado era permitido e foi construído um poço artesiano com um reservatório grandioso e nem se paga IPTU porque legalmente o loteamento não existe, inclusive ele tem iluminação na via pública. É uma região nobre da cidade e ali encontramos a oficina mecânica do Ibaré que há mais de 20 anos ali se estabeleceu.

O importante é que muito em breve deverá passar por ali a Perimetral da 392 até Camobi, um investimento superior a R$ 20 milhões no qual a Corsan colaborou, tem interesse e deverá passar nas margens a tubulação que vai trazer a rede de esgoto de Camobi para a Estação de Tratamento da Vila Lorenzi, uma obra gigantesca e em ritmo acelerado que faz parte de matéria nesta edição. Dá para imaginar o quanto esse condomínio, que assim podemos chamar, será valorizado e terá o apoio público para sua manutenção. E a prefeitura deveria agilizar projetos dessa grandeza, pois não cabe a ela oferecer a infraestrutura principalmente se for condomínio. Na Rua que é um corredor lado a lado estão dois condomínios estruturados e sem qualquer investimento municipal.

Comment here