Artigo Padre Bertilo

Pe. Bertilo – Aprendendo com Pedro e Paulo

Pe. Bertilo João Morsch – Pároco da Paróquia da Ressurreição e Reitor do Seminário Maior São João Maria Vianey.

As figuras de São Pedro e São Paulo são para nós um grande ensinamento moral. Primeiro porque eles deram um testemunho muito grande de vida e são considerados colunas da Igreja. Pedro liderou os primeiros discípulos e foi a referência para a unidade das primeiras comunidades cristãs. Paulo, foi um apóstolo tardio, como ele mesmo se chamava. De fariseu radical se converteu e se tornou um evangelizador incansável com inúmeras viagens fundando e animando comunidades. Ele levou o cristianismo ao encontro das culturas grega e romana. Deixou cartas que se tornaram documentos preciosos sobre o ensinamento de Jesus e o esclarecimento da fé nos diferentes contextos da vida.

Olhamos estas duas figuras com admiração e profundo respeito. Mas aqui existe algo também para aprender. É preciso perceber que Pedro e Paulo foram pessoas concretas, de pés no chão, e também limitadas. Pedro foi questionado às vezes(At11,2), mas ele mesmo se reconheceu pecador e aprendiz até o fim da vida. Ao ser crucificado, pediu que fosse de cabeça para baixo, pois não merecia morrer igual a Jesus. Paulo também reconhece que foi um perseguidor dos cristãos até cair do cavalo e perceber a luz de Deus na sua vida. Mas teve dificuldade para ser aceito nas comunidades, pois desconfiavam dele(At9,23-26). Pedro e Paulo tiveram discussões(Gl2,11) e nem tudo era claro para eles. Mas, de coração aberto, foram descobrindo os caminhos de Deus e percebendo a missão que Deus lhes reservava. No meios das maiores dificuldades, Paulo diz que sentia Deus lhe falar “basta-te a minha graça!”(2Cor12,9).

A nossa condição hoje é semelhante. Somos chamados a enfrentar situações confusas e escorregadias. Aos poucos vamos deixando nos tocar pela bondade de Deus e reconhecendo sua presença no nosso meio e em nós. E em seguida podemos descobrir também as missões que Deus nos reserva. Diferente para cada um, mas no fundo todas nos chamam a levar a paz e bem-estar as pessoas no mundo. De fato, Deus nos dá a vida com o chamado a sermos seus filhos e filhas. Então somos como crianças que estão aprendendo com seus pais a ter atitudes nobres e a agir com sabedoria e bondade.

O Papa Francisco, quando foi eleito para ser um sucessor de Pedro, não se fixou na grandeza do cargo. Ele surpreendeu o mundo com a simplicidade e os realismo para viver como cristão. Ao tomar posse, disse que, mesmo sendo Papa, continua sendo um aprendiz que precisa de ajuda; e então pediu a oração e benção do Povo de Deus. Aí está um jeito muito cristão de veras grandes figuras de São Pedro e São Paulo como exemplos de vida concreta para todos nós.

FORTALEÇA A FÉ E A AMIZADE, ELAS CONSTROEM. Você é nosso convidado para nos acompanhar neste dia 11 de julho as 20h30 pela rádio Imembuí 101.9, quando vamos rezar pelos nossos amigos e agradecer todas as graças recebidas a Nossa Senhora de Lurdes. Esta missa será na Paróquia da Ressurreição.

Comment here