Sem categoria

O fim definitivo dos casebres da Rua do Acampamento

Tantos problemas e insegurança para a região com a facilidade de invasões, sujeira e os casebres sujeitos a incêndios, além da histórica parada de ônibus que leva para toda a cidade. Graças ao bom senso do SESC que há muito tempo procurava um imóvel na região central para construir um prédio e ali estabelecer infraestrutura para o associado e para a comunidade, não faltaram esforços de toda a parte. O primeiro passo foi a localização e a sugestão, com o aval de Luis Tadeu Piva que é da direção do SESC, para levar o assunto em frente e iniciar a negociação com a prefeitura que depois de longos estudos concluiu o processo e enviou para a câmara que votou a favor por ser um investimento de interesse social. Com isso no último sábado foi sancionada a lei que deu sinal verde para que seja levada para frente esta obra que irá revitalizar a Rua do Acampamento e solucionar o perigo deste local com milhares de beneficiados na parte de alimentação, assistência médica e outros serviços. Desta maneira, com o diálogo e negociação é possível conseguir realizar o que pretendemos e transformar um sonho em realidade. Méritos para Pedro Cezar Saccol que dirige o SESC local com total empenho sempre e na parte pública o vereador Cezar Gehn que não mediu esforços para que isso acontecesse a contento de todos.

O que esperamos? Primeiro que a prefeitura viabilize uma moderna parada de ônibus, quem sabe em parceria com o SESC trazendo o nome da parada, tendo cobertura, proteção e iluminação, além de outros benefícios para os usuários. O segundo ponto é um assunto da prefeitura e da Corsan, o novo empreendimento vai precisar de esgoto para ligar a rede, há mais de 10 anos quando foi construído o concreto na rua, não foram trocadas as manilhas por negligência, foram amassadas e a redondeza ficou sem esgoto. Dentro do jeitinho brasileiro foi ligada a rede na pluvial que está até hoje, de vez em quando entopem as caixas da calçada e é necessário ligar para a Corsan desentupir, dois assuntos importantíssimos para o empreendimento.

Prédio: Sabemos da competência da equipe do SESC, mas a sociedade está ansiosa para saber o que será construído e como será feito o aproveitamento do terreno que é uma área nobre no centro da cidade e com muito espaço, devendo ser bem aproveitado. Aqui cabe de tudo, como restaurante, assistência social, auditório, garagens no subsolo e outros fatores de interesse do empreendimento, mas é bom serem lembrados para que tenhamos um prédio moderno e prático para que o associado e a comunidade possam fazer uso dentro de suas necessidades. Com diálogo, negociação e cautela, além de bons técnicos, tudo acaba se resolvendo, inclusive construir o máximo que puderem dentro dos limites legais da prefeitura, obras e espaço nunca são demais. Quando construíam o Fórum estadual o comentário era sobre o espaço ser muito grande, está completamente utilizado e não tem mais locais para outros serviços. Se levarmos em conta o prédio que o SESC tem no Parque Itaimbé, na certa não fará diferente na Rua do Acampamento.

Sede da antiga USE onde o SESC irá realizar sua obra. O imóvel já estava abandonado faz alguns anos.

Comment here