Sem categoria

Matrículas escolares

Evidente que é na rede de ensino particular que para garantir a receita era comum chamarem os pais ainda no primeiro semestre para garantir o ano seguinte, assinando contratos e exigindo cheques pré-datados para pagar a matrícula e o material escolar. E os pais pela necessidade de colocar os filhos na escola, o medo de não conseguir vaga, acabam aceitando tudo e nem leem o contrato, tipo nos bancos. E ninguém sabia que a partir de março desembarcava no Brasil o coronavírus em que as escolas fechadas, depois de alguns meses algumas passaram a ter aulas remotas e transmitiram aos alunos e professores um desgaste total pela falta de convívio social e quem vai me dizer que o longo tempo em frente a uma tela não prejudica a visão da criança. Imagine uma criança com quatro anos assistindo aula da sua escola infantil direto da sua casa. É tão grave que recentemente professores reclamaram do cansaço e esgotamento, e não é para menos. Converse com alunos que passam quatro horas em frente ao computador e saem de lá sem assunto e só vendo letras à frente. E o mais grave é que por aqui em Santa Maria quantas escolas exigiram o cumprimento do contrato concedendo uma miséria de desconto para alguns que protestaram e mais uma vezes os pais com medo de perder o espaço acabaram pagando mensalmente com sacrifício por uma aula presencial que não teve e o colégio é evidente que gastou com os professores, mas economizou com a estrutura em um todo. E o contrato assinado em 2019 não devia ter alguma cláusula prevendo algo igual ao coronavírus. Até o presente não tenho conhecimento de que algum colégio já esteja chamando os pais para a matrícula do ano que vem, se o fazem é silenciosamente via redes sociais. Quero alertar com isso que no contrato para 2021, daquele pai que permanecer no colégio examine antes de assinar. Juridicamente o contrato de 2019 que corresponde ao ano presente muitas vezes é um contrato unilateral que só cria deveres para uma das partes, aqueles pais que forem chamados agora devem exigir uma cláusula contratual para que em caso de continuidade do momento que vivemos agora possa ser interrompido o pagamento das mensalidades. É um contrato de risco que as partes estão celebrando e tem que haver o limite para a escola reconhecer o erro que algumas cometeram neste ano. Elas tinham o poder na mão, o contrato assinado com garantias e a solução dos pais foi arcar com os prejuízos sem aula. Portanto é apenas uma orientação que estou dando para quem for assinar, examinar e propor negociação em caso de fatos iguais aos que aconteceram nesse ano. E alguns ainda disseram aos pais que ‘se não aceitar nossas condições, pode cancelar a matrícula, pois tem gente esperando pela vaga’, não me parece que existe tanta concorrência como vem sendo dito, se assim for não precisa que alguns colégios façam mídia durante todo o ano para chamar alunos. Não estou criticando apenas escrevendo sobre denúncias recebidas de pais com fatos ocorridos no corrente ano devido a pandemia. O colégio também deve se submeter a riscos, se não for assim não teríamos falência no Brasil.

Sérgio Dino Bissacotti: comemora aniversário hoje. Ele juntamente com o Antonio há mais de 50 anos comanda a empresa Irmãos Bissacotti na perfuração de poços artesianos.

Trânsito: está em vigor para os infratores poderem pagar a multa pelo aplicativo com 40% de desconto. É um pagamento forçado na hora, bom para o estado, mas aqui chegará só em dezembro.

Jornal A Cidade: circula dia 8 de outubro, valorize o Dia da Criança, sua loja tem promoção? E também vamos destacar a padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida e estamos também no aguardo para que os quase 400 candidatos a vereador em Santa Maria, publiquem seu santinho na mídia impressa, porque as pessoas gostam de ver nos jornais as fotos dos futuros prefeitos e vereadores. Consulte nossos preços que são convidativos com antecedência pelo 98407-1000.

APLUB: é a Associação dos Profissionais Liberais Universitários do Brasil, com mais de 16 mil segurados, uma dívida de quase R$ 700 milhões, déficit mensal de R$ 4 milhões e com 56 anos, mas tem patrimônio. Quantos em Santa Maria foram atingidos? E a gente lembra sempre com saudade da Sbofa, do Centro Médico Hospitalar com um patrimônio incalculável, Monte Pio municipal, por isso que as pessoas ao fazerem um seguro de previdência para na aposentadoria ter um ganho maior devem estudar com cautela antes de tratar. Cada um faça sua leitura. Daqui a pouco vai ser com os Correios.

APOIO: Vidraçaria Miragem, CFC Padre Reus, Construtora Jobim, Pampeiro, Expresso Medianeira, AM Brum Assistência Familiar e Funerária Angelus, Ravanello Restaurante, Desinservice, Clínica Borsatto, Dr. Adair Marques, Sislimpa, Sicredi, Casa do Pastel, Floricultura Yamamoto, Sercimaq, Labivida, Pozzobon Agropecuária, Auto Ivo Multimarcas, Churrascaria Bovinu’s, Restaurante Estância do Minuano, Mecânica Manfio, Irmãos Bissacotti, Sucessu’s Tecidos e Malhas, Churrascaria Tertúlia, Agafarma Camobi, Walter Beltrame, Sibrama, Aguativa, Redemac Potrich, SM Fibras, Ponto da Dieta, Santa Catarina Transportes, Pizza You, Mecânica Medianeira Randon, Vigilare, Madeireira Cerrito, HCAA, Duque Auto Posto, Unimed, Moinho Santa Maria, Loja Safira, Frazzon Iluminação, Restaurante Vera Cruz, Ponto das Pedras, Multipress, Beliva Distribuidora, Posto São Marcos, Guigu’s Gás, Casa do EPI, Rodas e Cia, Bella Trento.

Comment here