Sem categoria

FINAL DE SEMANA: SÁBADO E DOMINGO

Hoje, principalmente, vamos homenagear Santa Rita de Cássia, a sua capela está no Bairro Noal e pertence a paróquia de Bom Fim. Para quem não sabe a história vou resumir: “ Seu marido de caráter violento, mas graças a deus, o converteu. Mas ele foi assassinado, ficou ela pobre viúva com filhos gêmeos, que herdaram do pai um temperamento agressivo e queriam vingar a morte do pai. Na angustia Rita pediu a Deus que mudasse os corações dos filhos ou os chamasse para si. Com 14 anos ambos morreram. Viúva e sem filhos, ela queria consagrasse. Não podia por ser viúva. Entregou seu caso a deus até que consegui. ” Medite sobre Santa Rita, bem como a sua prece.

E na segunda-feira dia 24/05 marca sempre Nossa Senhora Rainha da Paz que a data festiva é 24 de junho. Faça a oração durante três dias pela paz de sua família, seu trabalho e pelo nosso país. E só para recordar dia 19 marcou a santificação de Santa Madre Paulina. Para quem não conhece o Santuário em Santa Catarina é um passeio gratificante. Vale a visita.

Apicultor, hoje 22/05 é dia desse empreendedor, quando falamos em mel e sua utilidade em vários segmentos, o quanto é Beneficiente para a saúde, devemos festejar, e o Mario Ravanello que é apicultor que é formado em Zootecnia fala da importância da apicultura. Acompanhe amanhã na Imembuí. E nossa cidade e região, segundo Mario as abelhas estão fugindo do meio rural para a cidade para evitar o agrotóxico. E no parque Itaimbé, sempre tem bons produtos para comprar e consumir.

JUVENTUDE: Final de semana comemora-se, final de semana comemora-se o dia da juventude constitucionalista. No dia 9 de julho, o Estado de São Paulo comemora o aniversário do Movimento Constitucionalista de 1932. Porém, foi no dia 23 de maio desse mesmo ano que os paulistas decidiram lutar pelo constitucionalismo. O levante se deu depois da morte de 14 manifestantes constitucionalista em São Paulo, durante uma manifestação contra o governo de Getúlio Vargas. Na época, apenas quatro estudantes haviam sido identificados: Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo. As iniciais de seus nomes formaram a sigla MMDC, que se transformou no símbolo da revolução. Os paulistas exigiam que o país tivesse uma constituição e que fosse mais democrático. O inconformismo dos paulistas era maior porque Vargas.

Comment here