Editorial

Editorial 13 de fevereiro

Quase a metade do mês, neste ano coincidiu com a pandemia, férias e recesso quase o ano todo, surgindo até o trabalho remoto e o carnaval que deixou as pessoas descontentes pelo cancelamento dos eventos, mas o setor empresarial não cancela sua produção e nem a construção civil, os mercados ainda mais. Sempre tem aqueles que irão aproveitar estes dias para fazer um passeio e ter um descanso, outros ansiosamente esperam a volta das aulas, os adolescentes não suportam mais a distancia dos colegas, querem aulas presenciais. O conselho universitário viu por bem reiniciar as aulas em abril pelo sistema remoto, Santa Maria tem uma estrutura para atender o mundo estudantil, inclusive com a noite preparada com locais para os jovens se divertirem, além da ausência de mais de 40 mil universitários atinge quase todos os segmentos locais. Manda quem pode e obedece quem precisa. Que geração de profissionais formamos, se com aulas presenciais é difícil, imaginem a distância. Cabe aos estudantes a dedicação aos estudos, na semana em que se iniciam as atividades presenciais, a vibração é enorme pelos alunos. Assim como as empresas, por que a educação não se adequa as normas de segurança? É questão de gestão. Assim sinaliza mais um semestre de economia para a UFSM que na certa tinha verba para manter a estrutura, como não tem aula deve ter custos reduzidos. Essa é minha opinião, que cada um tire suas conclusões sobre o momento que vive a educação brasileira e nosso ensino.

Enquanto isso, onde estiver acompanhe o mês de fevereiro que é o mais curto do ano, o que aconteceu até o presente e o que poderá vir até o final do mês. Estás em Santa Maria? Faça um passeio de carro e visite as regiões para ver o crescimento populacional, os imóveis e o comércio forte que vem surgindo nos bairros e vilas, serviços de toda natureza e a explosão na busca e compra de imóveis, nestes 15 dias sinto o propulsar da década de 1980 quanto as construtoras e cooperativas não tinham limite de construção e era alto o poder de compra e venda, que seja um norte positivo, além de ser o sonho da casa própria a compra do imóvel é a segurança e patrimônio que cada um irá conservar pra sempre. Tendo condições, não deixe de comprar seu terreno e apartamento, sempre tem valorização, muito mais que a poupança atual.

Comment here