Sem categoria

A frota de veículos ficou velha

Pela pintura, pela conservação, encontramos carros com mais de 20 anos, pelo zelo que seus proprietários tiveram, parecem ser recentes. Entretanto, documentalmente são antigos, isso acarreta custos elevados em manutenção, peças antigas que não existem mais, serviço mecânico elevadíssimo e, a segurança para quem faz do carro o seu instrumento de trabalho. O país tem condições de oferecer algo melhor ao consumidor, pelo tanto que se produz. Em recente divulgação, as vendas caíram mais de 20% no ano passado, reflexo da pandemia e o custo de um veículo hoje, por isso, a necessidade da renovação da frota. Deve alguém, lá em Brasília, levantar a questão, criar mecanismos jurídicos e incentivo para troca. Assim aquece o mercado, a indústria irá vender mais e o consumidor irá economizar em manutenção e peças. Sabemos que essa opinião não agrada a todos, mas é uma maneira de manter o setor aquecido. O principal objetivo necessário é o governo reduzir impostos, ganhar menos e favorecer mais, assim irá girar o mercado. A própria documentação do veículo IPVA, tem um valor elevadíssimo, tem que ser reduzido. Não tem cabimento, quem perde o DUT pagar R$ 300,00 para conseguir uma 2ª via. É necessário que alguém do governo atente para isso e para facilitar a renovação da frota brasileira. Mas sempre começando com o corte dos impostos. Os interesses, para alguns, falam mais alto do que o governo mexer nessa parte. Enquanto isso, nos mantemos com os carros que possuímos, porém, algum caso, de carros antigos, tem que cuidar muito quando viaja, pois, nas rodovias pode ser inevitável um acidente.

Comment here